18 fevereiro 2009

Donna Karan - DKNY

Eu não sou muito fã de DKNY, mas dessa vez fiquei bastante feliz com a coleção. É que, finalmente, alguém está usando cores! Às vezes parece-me que os estilistas têm a sensação de que, uma vez que estamos em uma recessão, devemos vestir cores sombrias e parecer que estamos indo para um funeral. Eu sou da opinião de que cor é a melhor maneira e elevar o astral, especialmente, durante períodos de depressão.

As cores apareceram nas saias, nos casacos ou em pequenos detalhes, como chapéus e carteiras. Também amei as saias lápis, essas estão com tudo!







Mais sobre Donna Karan:

Com um olho nas ruas e outro nas mulheres comuns, Donna Karan tornou-se a primeira estilista norte-americana a influenciar o mundo com sua moda criativa e inovadora. Ela apostou nas mulheres comuns - nem tão altas nem tão magras como gostariam de ser -, mas que querem ser elegantes sem ter um corpo de modelo. "Todas nós queremos roupas de classe que vistam bem e, ao mesmo tempo, sejam confortáveis", explica ela. Não é de estranhar que sua fórmula dá certíssimo há duas décadas, com a adesão de mulheres urbanas e ativas que gostam do luxo discreto. Por isso, a "rainha da 7ª. Avenida" (ponto onde se concentram as principais grifes de Nova York) é considerada a mais importante estilista do sexo feminino, não só pela rápida ascensão, mas também pela inovação e impacto criados na moda norte-americana. A grife tem mais de 2000 funcionários e lojas em diversos países, inclusive no Oriente. Donna Karan desenha oito coleções anuais para duas etiquetas. Seu nome está impresso em aproximadamente 200 itens, entre acessórios, roupas de cama, moda masculina e perfumes. A empresa está na lista das mais rentáveis, incluindo os faturamentos provenientes de licenças para produção de cosméticos, ao lado de Ralph Lauren, Calvin Klein, Tommy Hilfinger, Giorgio Armani e Versace. Seu estilo urbano e acessível vestiu até a fashion doll Barbie.

Sete peças que levam a mulher a qualquer lugar, segundo DK:

Blazer
Vestido reto
Trench-coat
Camisa branca
Calça de corte reto
Saia
Cardigã de cashmere

"Seja honesta com você mesma e só use roupas com as quais se sinta bem." - Donna Karan.

Fontes e fotos: Moda Almanaque e The Glam Guide.

16 comentários:

Claudia Pimenta disse... - Responder comentário

oi lily! a 7-list é ótima (alguns usam a 10-list), pois ajuda na hora de comprar... e eu amo um casaco vermelho! bjs!!!

Daniela disse... - Responder comentário

Hi, little Lily. Estou de férias no chalé. Cercada por 1 metro de neve e uma pilha de trabalho para fazer para a escola ;oD Vai verificar os links de tuas fotos, pois 3 não estão aparecendo. Não me identifico muito com o estilo DKNK da Donna Karan, que aprecio muito pela sobriedade e classe imposta no mercado americano, mas gosto bastante da linha que leva seu nome e que propõem sempre muita seda e drapeados. Saiba que todas essas marcas que você citou, se dividem em sub-marcas, conhecidas por "label"; black label, red label e outros, além da linha collection. Donna Karan e DKNY não tem a mesma faixa de preço e o mesmo tipo de clientela. Fica uma espécie de coleção mais chique e cara, outra mais simples e popular. Assim o luxo exibido por uma linha mais chique, vai fazer vender uma linha mais popular, pois na base o nome é o mesmo. Isso equilibra as finanças da industria textil e existe em quase todas grandes marcas. Inclusive no Brasil, não só na moda mais em todos os setores industriais. E no seu carnaval, você vai colocar o que em cima da pele? Plumas e purpurinas para brilhar na Avenida ou xadrez para acompanhar os defiles pela televisão? Eu fico aqui furtacor de inveja do calor que deve estar por aí. Porque ver desfile de carnaval pela televisão, com o termômetro marcando -8°C é de doer ... e congelar. Hahaha. Quando é o baile? Não esquece de mandar fotos, heim? Bisous alpinos. Daniela ;oD

Daniela disse... - Responder comentário

Lily, agora os links funcionam ... estranho. Estou vendo todas as fotos. Só gostei do vestido verde drapeado. Mas a gola preta por cima eu dispenso. E quanto a lista, eu levaria o vestido, o trench coat e muitas bolsas e calçados diferentes. Pois no final das contas, um vestidinho básico seja ele liso ou estampado, mostra mil facetas se agrementado por acessórios diferentes. Você não acha? Bisous e boa quarta-feira. Daniela

Kerou disse... - Responder comentário

Até gosto de DKNK, mas concordo plenamente com vc queo cinza e preto predominam! e eu sou super fâ de um coloridinho heheh


beijoss

Camilla disse... - Responder comentário

Achei um luxo cada look, o verde tá um estrondo!

Beijo x:*

ana - hoje vou assim off disse... - Responder comentário

ahhhh esse verde....heheheheh!

Beijos, flor!

Sonhadora disse... - Responder comentário

Saia lápis é lindo! Mas não combina com quem está acima do peso! =/
Tmbm amo cores e acho um saco esse clima deprê que as grifes costumam dar ao outono-inverno, principalmente durante uma crise mundial.
Amei o casaco vermelho!
bjks

aline disse... - Responder comentário

Lily, eu concordo que o colorido alegra muito mais em fases ruins, tanto na economia, quanto no pessoal. Então, pq de um inverno sombrio, não é verdade?
Das fotos que vc selecionou, pasmei no casaco vermelho e eu sou extremamente fã de saia lápis, acho lindas e elegantes demais!
beijo

aline disse... - Responder comentário

Lily, eu concordo que o colorido alegra muito mais em fases ruins, tanto na economia, quanto no pessoal. Então, pq de um inverno sombrio, não é verdade?
Das fotos que vc selecionou, pasmei no casaco vermelho e eu sou extremamente fã de saia lápis, acho lindas e elegantes demais!
beijo

Paty disse... - Responder comentário

Lily, amei o sobretudo vermelho!
e as bolsas da marca? melhor nem pensar nelas...hahahaah...adoro!
beijao!

Paradis disse... - Responder comentário

Lily, falando em meias, vc já viu por aí meia-calça branca rendada? Tipo essa da Julia Petit: http://i297.photobucket.com/albums/mm227/paradis_bucket/JuliaPetit.jpg?t=1234972805

Há meses procuro e não acho de jeito nenhum, help me!!! :P

Luíza Maria Hollanda de Mello disse... - Responder comentário

DKNY sabe ser chic e sobrea
tb gosto de cores
nunca fui mt fã das peças dela mas esse desfile de fato ela incrivel

http://expressomoda.blogspot.com/ disse... - Responder comentário

Eu adoro Donna Karan,gosto mesmo!A coleção está liinda.Vi o photobook da última coleção e tem todo um clima baseado em blogs assim como o seu,aonde pessoas "comuns" exibem seus looks.Eu adorei,mesmo porque foi um "tapa na cara" do Verssolato que disse que o Brasil tem duas manias bregas : blogs de moda e copiar modelos!Adorei a resposta da Lilian Pacce:quem é Verssolato?hahahahha!Bingoooo! Adorei!!!Não gosto dele!

Beijos,Lily!

Lauren disse... - Responder comentário

Eu gosto do estilo da Donna Karan.
Mas vc não colocou na bio dela, a sua marca maior, os ombros!!! Foi ela quem criou os famosos recortes neste lugar, com o objetivo de mostrá-los pois segundo ela, nenhuma mulher tem ombro feio. Ou seja, mulher bem sábia!
bjokasssssss

Lauren disse... - Responder comentário
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eneida disse... - Responder comentário

Eu acho um horror esse negócio de só usar cores sóbrias e tons pastéis! Coisa blasé!
Gosto de cores, de alegrar a vida!
Beijo!

Postar um comentário

Meu jardim está florido.
E o seu?

Posts Relacionados