Sobre o blog



O A casa está cheia de flores brotou e floresceu em setembro de 2008, em plena primavera, como tinha que ser. Apenas para situar quem é novo por aqui, o nome do blog veio da letra de uma música chamada Gramado de um grupo brasileiro conhecido por Ludov. O trecho da música que me serviu de inspiração diz mais ou menos assim:

Se o gramado ao lado
Todo esverdeado
Parecer melhor que o seu
Tome mais cuidado
Com esse mal olhado
Não venha cuspir no meu
Um olhar sobre o muro
Seu jardim já morreu
Deixe de ser tão inseguro
A casa está cheia de flores e você nem percebeu

Dito isso é preciso explicar do que esse blog trata. Ou talvez do que ele não trata. Este não pode ser definido como um blog de moda, tão pouco como um blog de estilo. Talvez não possa nem mesmo ser definido, mas se eu pudesse fazê-lo em poucas palavras diria que é apenas um espaço pessoal e ao mesmo tempo público, onde mostro minha vida, minha história e as minhas paixões. Onde conto um pouco do meu dia-a-dia através de roupas, sapatos e acessórios. Outras vezes, através de músicas, filmes, pinturas, poesias, fotografia e viagens. Algumas vezes o papo fica sério, mas aqui a lei é quase sempre tratar a vida como ela é: de forma leve, despretenciosa, gostosa, colorida e perfumada.

Aqui a casa está sempre cheia de flores, é só puxar a cadeira e sentar.

Posts Relacionados