07 janeiro 2011

A cobra vai fumar! (mas eu não)


 
Poderia intitular este pequeno texto como ‘Diário de um ex-fumante’ mas, quem fuma ou já fumou sabe que não existe ex-fumante. Existe aquele infeliz que parou de fumar e tenta se controlar para não dar mais uma “pitada”.

Parei domingo, dia 02/01/2011 às 21:00hs. (Não, amigos, não fiz promessa de virada de ano, como muitos fazem.) Parei porque, além de hipertenso, tem que parar e pronto!

Este texto pode parecer simples, direto, sem coerência, pode até ser que contenha erros de gramática, mas, tem um motivo pra tudo isso: a CONCENTRAÇÃO. Putaqueupariu! Não dá pra se concentrar direito quando está parando de fumar. Se meu boss ler o blog (acreditem, ele lê com frequência!) eu to fu****. Acho que se eu trabalhasse em alguma empresa americana, daquelas que possuem gráficos de desempenhos para cada funcionário, o meu gráfico ia parecer o extrato de minha conta bancária: vermelho e sem qualquer perspectiva de melhoras.

Quando colocamos no papel percebemos os números. Até que fumei pouco na vida, comparado com outras pessoas que conheço. Fumei, entre idas e vindas, durante uns 8 anos - sem contar com aqueles cigarros de menta, cravo, canela, alecrim, manjericão, orégano, cebola e salsa e todos os cigarros de especiarias que existem por aí. Fumei até cigarros com tabaco Cohiba! (Ahh, que gostoso!). Pelos meus cálculos, entre cigarros, isqueiros (que muitas vezes não duram mais de um dia em nossas mãos), balinhas de hortelã e afins, gastei mais de R$ 11.000,00 só com o vício. Já pararam pra pensar o que se pode fazer com R$ 11 mil realzitos na mão? Eu já! Dá pra comprar 2350 maços de cigarro!!! (Desculpem-me! Ainda penso como um fumante).

Pelos meus cálculos também (sou calculista mesmo!), fumei cerca de 40 mil cigarros. Parece muito e exagerado, mas não é!

No meu caso, o que está sendo pior não é a falta do tabaco/nicotina, e sim da rotina que tinha ao fumar. Antes, parava umas 5 vezes ao dia para relaxar no serviço. Hoje eu lhes pergunto: Qual é a graça de ficar parado 10 minutos sem fazer nada? Qual é a graça de tomar uma cerveja, sendo que acostumei a ter numa mão uma caneca e na outra um cigarro? O que eu farei com esta mão vazia agora? (Enfie aí no seu, pra você que pensou besteira!!!).

O cigarro é muito mais que um produto que contém mais de 4500 substâncias tóxicas (como conseguem colocar tanta coisa num espaço tão pequeno? Inacrebelievable!!) O cigarro é um amigo, um companheiro. Para vocês terem uma noção: ao se depararem com um sujeito do outro lado da rua, encostado num poste, sozinho, sem fazer nada, logo pensamos “Esse cara aí é suspeito!”, por outro lado, se nos depararmos com o mesmo homem, encostado num poste, sozinho, sem fazer nada e fumando “Ah, é um cara fumando um cigarrinho, relaxando!”.

Enfim, espero que meu pulmão ainda suporte mais alguns anos de futebol. Já imaginaram, pulmão e fígado comprometidos? Porque do fígado? Bom! Aí já é outra história...

Fuis!
Por: André Celegato, o noivo.

31 comentários:

Ana Júlia disse... - Responder comentário

Lily, eu achava que você era a fumante da história... até ver quem assinava o texto.
Enfim... desejo sucesso nessa empreitada!!

Renata disse... - Responder comentário

Vamos lá, né, André!!! Conheci várias pessoas que, como vc, pararam de fumar. Mas, como vc escreveu muito bem, "Existe aquele infeliz que parou de fumar e tenta se controlar para não dar mais uma “pitada”.". Pode até ser, mas isso é agora. Uma amiga foi ao inferno e voltou durante um ano, enquanto era "infeliz". Depois, um belo dia, a vontade se foi. De verdade. E aparentemente, para sempre. Algumas pessoas demoram um ano (ela fumou muuuuuuuito mais que vc) e outras resolvem o assunto em bem menos tempo (semanas, dias...).
Anyways, toda força pra vc e uma dica: faça esforço pra não associar o cigarro ao café, à cerveja, à pausa... Senão, essas coisas vão parecer órfãs. E, pode crer, elas se bastam e podem até ficar melhores sem o cigarro.

Lily lindaaaaaa, vc pode até se sentir, mas vc definitivamente não é um lixo no calor! ehehe E essa sandália é linda! *.*

Beijinhos mil!!

Dani Garlet disse... - Responder comentário

eu pensei "naoooooooooo naooooo naooooo, ela nao pode fumar genteeee!!!"

alivioooo ao ver que o andre assinou o texto.

ANDRÉ: booooora nessa nova fase, aposto que a lily vai ficar feliz feliz e vai valer muito a pena! Fumantes sao bem fedidinhos! rs

;0
adorei ver esse assuinto abordado aqui!
Em fev vou pra SP e vou - de vez - conhecer a lily e vou querer saber bem como anda essa empreitada!

abraços aos dois!

Marô disse... - Responder comentário

Adorei o post!
É a primeira vez que comento no seu blog.
Fiquei sem fumar por 5 anos, voltei...Parei mais 2, voltei...Estava há 1 anos e meio sem e no Reveillon...
Não vamos deixar esse pequeno ordinário nos dominar!
Força, noivo!
Força, noiva!(que vai ter que aguentar o bom humor...rs)

Flávia disse... - Responder comentário

Não fumo desde 29/12/2010 - motivo: tive um mal-estar brabo e disse que ia parar de fumar, na emergência do hospital, até agora não voltei, espero não voltar mais. E condordo com TUDO que o André disse, eu estou passando exatamente por isso AGORA, estou no trabalho, acabei de tomar um café e estou doida para descer para fumar!!! AAAAAAIIIIII. Mas esse post me distraiu e agora a vontade passou. Ufa. Força André!! Bjss Lily. Adoro seu Blog!

Anônimo disse... - Responder comentário

Que máximo essa participação repentida do Noivo!
Legal é assim, quando o mocinho está envolvido com as coisas da mocinha e visse versa! Sem contar que é um assunto beeem interessante!

Parabéns! (:

Anônimo disse... - Responder comentário

Olha, eu fui fumante durante dez anos e parei há 11. Era uma luta diária, mas acho que foi uma das melhores coisas que fiz na vida. Hj nao suporto nem o cheiro!!!
E posso dizer que se vc voltar depois de 2 meses sem fumar é sem vergonhice... rs Boa sorte!!!

Mandy disse... - Responder comentário

Nossa, odeio cigarro. Essa foi 1 ótima decisão. Os fumantes além de fumarem costuma serbem incoveninetes com quem está a sua volta, mesmo com a lei... ¬¬

Jowzinha disse... - Responder comentário

Poxa, me assustei axando q vc era fumante...
Vc n tem aparência nenhuma de ser fumante...
Bom, eu sou aquele tipo de pessoa "rídicula" q diz q fuma ocasionalmente, ou seja, n fumo todo dia nem fumo milhares de cigarros por dia.
Fumo qdo tô afim e
n tenho a sensação de necessidade de fumar ou estresse por n fumar.
Axo q pq botei na minha cabeça q sei as consequencias do fumo e n sei nem pq fumo!!!
Como sou q por ser tão esporádico,
posso parar qdo quiser...

Mas vitória, André!!!
Parabéns.
Tento fazer q meu namorado fume menos...
Só n sei se um dia vou conseguir fazê-lo parar!!!

=**, Jowzinha

Deveria estar estudando disse... - Responder comentário

Noivo, noivo. Beba muito chá. Chá faz bem nessas horas, mas sem açúcar!
Noiva, mande o noivo malhar. URGENTE! Malhar ajuda a não ter vontade de fumar...e a não engordar 10 Kg por ter parado.
Boa sorte, assim minha amiga não fica viúva jovem e linda, já pensou?
bjks!
Mel

Tamiris disse... - Responder comentário

André ex-fumante?? Cuma??

Eu nem sabia que ele fumava!
Desculpa, mas (com todo respeito, haha) ele é tão perfumado!!
Eu entrava na sua casa e já sabia se o André tava lá ou não, hahaha

Que bom que parou então! :D

Beijos pros dois!

Lily Zemuner disse... - Responder comentário

Hahaha, deve ser por isso que ele usa tanto perfume, pra ninguém sentir o cheiro do cigarro, né?

Mas ele fuma(va) pouquinho, tipo, 5 cigarros por dia, no máximo.

Saudades de você, Tamis!!!

Cris Marques disse... - Responder comentário

Adorei o post André!!!!! Sou fumante, ex fumante, fumante!!! Já parei várias vezes, mas a força de vontade aqui é devagar que só!! Curti a realidade do texto, sou tipo a pessoa mais ansiosa do mundo e a coisa toda do fumar me acalma muito nisso. Qdo tentei parar (umas 3x já) não sabia o que fazer com a mão na horas vagas, tipo pode acender um cigarro e deixar na mão sem fumar nem nada, só para ocupar ela??? hihihi

Boa sorte aí e vai contando como tá indo... quem sabe vc não me inspira!!!

Bjins para os dois!!!

Josiane Cristina Armani Dagort disse... - Responder comentário

Parabens ao noivo!!!!
Eu não me considero fumante apesarde dar algumas tragadas em algumas festas muito raramente....não posso fumar..sou hiper alergica..se nao acho que seria uma fumante como meu pai foi....
mas meu pai largou o cigarro a alguns anos..foi dificil...dificil prá ele...dificil pra nós que conviviamos com ele...o velho ficouinsuportavel....ai as vezes eu tenhovntade deme entregar ao vicio e virar uma fumante que fuma todo dia ahahahaha mas ai me lembro dos dentes amarelos, do cheiro inpregnado na pele...da minha alergia...de nao conseguir respirar bem..e chego a conclusao de que nao vale a pena...
um beijo
E força na piruca pra guentar o tranco...poiis meu pai teve de frenquentar um grupo de ajuda tipo o AA mas pra fumantes...só assim ele conseguiu...
um beijo
J^^h

Viviane Moreira disse... - Responder comentário

André antes de mais nada Parabéns pela decisão difícil!!!
Eu nunca fumei mas tenho e tive muitas pessoas próximas que possuiam e possuem esse maldito vício!
Tenho pai que fuma, mãe que fumou e parou ha muitos anos atras ( que felicidade), tive amiga que infelizmente morreu de câncer bem nova devido ao maldito e tenho uma amiga que fuma e está doente, enfim, parabéns!
Acredito que os que convivam com você tb estejam felizes, digo isso pois fumar passivamente ou mesmo beijar um fumante (marido não fuma, mas já beijei cinzeiros na época dos ficos) não é agradável, não é mesmo?!
Parabéns!!!!!!
E espero mais post do noivo!!!
Bjsss
Vi

Ju disse... - Responder comentário

Eu imagino como deve ser mesmo difícil parar.
Desde que me conheço por gente convivo com fumantes,e é engraçado como tem gente que fala que vc se torna a cópia dos seus pais,se vc fuma é pq eles,ou um deles tb fuma...meus pais sempre fumaram, e eu e meu irmão sempre odiamos.E até temos motivo mais do que foda pra odiar,meu pai morreu por causa do vício,só aprou de fumar qdo ficou doente.Minha mãe que acompanhou tudo de perto,cuidou dele,viu todo o sofrimento do maldito câncer de pulmão q ele teve, até hoje fuma!
É difícil entender,para quem nunca foi fumante,você sabe que aquela coisa uma hora vai acabar com vc, mas vc tá lá firme e forte com ela...
Fico imaginando agora o quanto que eles gastaram com o vício!Dava pra ter comrpado uma mansão!ehehehe
E sabe o que é engraçado, eu sempre sonho comigo fumando!
E sempre acordo com um ponto de interrogação gigante, querendo saber pq que eu sonho tanto com isso!ehehehe
Experimentei,ou melhor eu tentei fumar, um cigarro qdo eu tinha unas 12,13 anos, e não gostei.
Fumei 1 cigarro todo ano passado. E continuei não gostando,não achando a menor graça naquilo.Eu sei que pra quem fuma aquilo é prazeroso,mas será que na primeira vez que se fumou,não teve a menor graça tb?

Juliana disse... - Responder comentário

Também achei que era você quem tinha escrito! Mas fico feliz que não foi :)

Então, eu tenho pavor e nojo de cigarro. Cresci com uma mãe fumante, e por isso peguei aversão.
Acho um péssimo hábito, principalmente quando é perto das outras pessoas. Incomoda muito, sabe? E também prejudica muito quem respira esse ar. Acho falta de respeito.
Quer fumar? Beleza! Mas faz sozinho (a).

Enfim, não to aqui pra detonar, e sim apoiar. Minha mãe parou (já pela segunda vez) no ano passado, e até agora ela não voltou, e se diz muito satisfeita e que perdeu totalmente a vontade, coisa que não aconteceu da primeira vez.

Antes, sempre que alguém fumava perto dela, ela já aproveitava e fumava também. Não via a hora disso acontecer. Agora ela pode ficar do lado dessas pessoas e não sente vontade!

Ela utilizou no começo um remédio chamado BUP, é anti depressivo ou algo, que "engana" o corpo, suprindo a necessidade da nicotina no corpo. Depois de um tempo, seu corpo tá livre, e com sorte, você perdeu o costume.
Tem gente que usou e deu certo, e outras que tiveram alergia. Minha mãe usou por 1 mês, deu alergia, e ela ainda sim conseguiu continuar sem o remédio. Tem que querer muito! Acho que ajuda listar uns motivos pra incentivar...
Sempre bom conversar com um médico...

Ela contou várias "dicas", como ir a palestras que são feitas no Hospital do Pulmão aqui onde moro.. ajuda bastante os "depoimentos" e dicas dos médicos..

A mudança do hábito é fundamental... dizem que segurar aquelas mini cenouras ajuda na hora de "querer" segurar o cigarro.. escovar os dentes logo após tomar café, pra tirar o gosto da boca e a vontade de fumar depois... chupar balas.. tomar bastante água..

Uma coisa interessante que ela contou, não sei se procede 100%, é que o corpo do fumante "pede" cigarro a cada 20 mntos.. e essa vontade dura apenas alguns segundos.. então se você conseguir resistir, ela passa. E a dica é tomar um copo grande de água quando bate essa vontade.

Bom, devem ter milhares de dicas, eu sei que deve ser muuito mais complicado, e é fácil falar. Eu também tenho meus vícios (oi comida!) e sei que não é tão simples quanto parece.

Espero realmente que consigas parar de fumar e seja realmente feliz e satisfeito assim!
Me orgulho bastante de pessoas que conseguiram.. e nessa onda da minha mãe, mas umas 5 conhecidas (juro! foi bizarro!) dela pararam também.

Bjs!

Juliana disse... - Responder comentário

Ah sim, e meu pai morreu de câncer de pulmão em 2007. Não sei se tem a ver com o cigarro (ele fumou por mtos anos, mas décadas atrás) ou talvez pela inalação passiva da minha mãe? Não sei se é possível.. enfim... certeza que não ajudou, né?

Juliana disse... - Responder comentário

Que bom!
Ótima decisão que ele tomou.
Agora vc aproeveita e dá aquela forcinha para ele não cair em tentação nunca mais.
Bjão e felicidade pra vcs!

Ana Luisa Damasceno disse... - Responder comentário

Espero que seu noivo consiga. Dou parabéns pela iniciativa. Nunca fumei e nem tenho vontade, mas perdi minha vozinha querida para esse maldito vício (ela teve câncer no pulmão). Na torcida!

Rosa Chiquetosa disse... - Responder comentário

Vamos lá noivo, aqui vão minhas dicas de ex-fumante:
Fumei por mais de 25 anos e faz 7 anos q parei de fumar. Fiquei deprimida nos primeiros dias, minha pele ficou toda cheia de espinhas nos 3 primeiros meses. A minha boca enchia de água o tempo todo, não falava de outra coisa q não fosse o cigarro, enfim... rehab total. Água foi o remédio que me ajudou! Sim, bebia água o tempo todo, e isso ajudou muito. Evitei bebida alcoólica e baladas por uns 15 dias dias e muita força de vontade e consegui, não pretendo voltar. Ah, noiva, tive muito apoio do maridão viu, q aguentou minha fissura! rsrsrs bjs e boa sorte para o casal.

Scene Uk disse... - Responder comentário

fumar=fail", legal o blog, visite o meu , http://scene-uk.blogspot.com bjss :) ops, seguindo viu? segue devolta ta? bjss

LaReK disse... - Responder comentário

Que boa notícia! Embora não seja promessa de ano novo, pode-se dizer que começou o ano com o pé direito, eheheheh!

Boa sorte no caminho. Meu pai passou por isso... Fumou durante uns vinte e poucos anos e resolveu parar depois de ver meu avô ter problemas de pulmão por conta do fumo. Bom, hoje ele está há 10 anos sem fumar e uns 10 kg mais gordo, rsrsrs! Mas vale a pena, segundo ele.

Bem, boa sorte! Aperto de mão pro noivo, rs, e beijo pra noiva!

Michelle Senna disse... - Responder comentário

Oi Lily, que saudade do seu blog e de vc menina!!!!Feliz 2011, tudo de bom sempre, mexxxxxmooooo!!!!hehehe!!!
Quanto ao ato irracional de fumar, eu honestamente compreendo o ANDRÉ,é complicadissímo, conheço pessoas que tentam inumeras vezes e nunca conseguem, e conheço outras que param de fumar assim, de uma hora pra outra, é muito pessoal, mas sempre muito difícil.O importante é nunca se conformar em ser fumante.
Beijos lindona, voltarei + vezes.
Mi

Cristina Ramos disse... - Responder comentário

Vc sabe como surgiu essa expressão "A cobra vai fumar"?
No Brasil, durante a 2ª Guerra Mundial, havia uma pressão muito grande para o país também entrar na guerra. Os brasileiros queriam que o país entrasse, mas duvidavam... Diziam: "O Brasil só entra na guerra se a cobra fumar."
Getúlio Vargas, presidente da época, fez um acordo econômico com os EUA, beneficiando nosso país, e em troca enviou tropas para a Europa.
O uniforme brasileiro tinha desenhado em uma das mangas uma serpente fumando... "A cobra fumou!"
Espero que vc consiga não fumar!! E espero que vc tenha gostado dessa pequena aula de História!!!! Sou professora e quando vi seu post não resisti...
Bjux
Cristina Ramos
fotolivrosdacris.blogspot.com

Lily Zemuner disse... - Responder comentário

Cristina, adorei!!

Você não sabe mas eu sou apaixonada por hirtória, principalmente às da 2ª Guerra. Obrigada pela explicação, vou contar p/ todo mundo, rs...

B-jo enorme.

::celegato:: disse... - Responder comentário

@Cristina Ramos

Sou o André, do texto em questão.
É isso mesmo o que disse!
Como é professora, veja o documentário brasileiro de nossas tropas enviadas chamado "Senta a Pua!".

Uma aula contada pelos próprios pilotos e soldados que foram enviados à Europa!

Abraços!

Cristina Ramos disse... - Responder comentário

Lily!
Que bom que vc adorou!!
Ainda bem que vc é apaixonada por História!!!! Tive receio de incomodar por fugir um pouquinho do assunto...

André!
Pesquisei o "Senta a Pua!" no Google e AMEI!!!!!!!
Muuuuito obrigada pela dica!!
Vou continuar pesquisando e passar para meus alunos.

Bjux para os dois!

Cristina Ramos
fotolivrosdacris.blogspot.com

Sammy disse... - Responder comentário

Parabéns André! Seu texto é um incentivo para quem está tentando parar.
Meu pai parou há uns 15 anos. Ele engordou um pouquinho...rs. Mas isso tem a ver com a idade dele também, você é novo e talvez não passe por isso. Mas disse que o fôlego dele melhorou demais, que ele consegue caminhar mais e tal.

Desejo muito boa sorte pra você nessa nova fase!!!

pipuecaycuecacuela disse... - Responder comentário

Oi André, parabéns pela decisão.
Marido fumou por 16 anos e tbem resolveu parar em 02/01 e lá se foram 6 anos! Lily, prepare-se.... Meu marido virou um monstro! mas isso é relativo e não uma regra. Vou dar duas dicas: remédio Zetron (recomendado pela pneumologista e excelente) e fazer cafuné na Lily com a mão desocupada. Bjos e sucesso. PS: marido ganhou mais saúde e 20kg de brinde. Tati

Gisele disse... - Responder comentário

Andre e Lily passando pra dizer q este post me fez tentar ( ops tentar não conseguir rs) a parar de fuma estou a 3 dias sem fumar... Fácil não está sendo mas estou conseguindo ! Bjs

Postar um comentário

Meu jardim está florido.
E o seu?

Posts Relacionados