18 maio 2011

O Paraná e o Barreado


Todo mundo aí sabe que eu sou paranaense? Não? É, eu não sou não, sou paulista-paulistana nascida na Avenida Paulista, sim senhor, mas em mim corre sangue "pé vermeio" do papai e da mamãe. E onde corre sangue corre amor.

Esse final de semana fomos para Avaré (que fica em SP, não no Paraná) e resolvemos fazer um prato típico paranaense: o famoso Barreado. Famoso para quem, né? Para nós, ué? E para você, que não conhece, segue um tantinho de história:

O barreado ou carne barreada é um prato típico do litoral paranaense, sendo o mais tradicional do estado. Sua origem é açoriana de um ritual de 300 anos ainda seguido no preparo do prato. A origem é atribuída aos portugueses que vieram para o litoral do Paraná no século XVIII. A simplicidade na preparação do prato garantiu que a receita fosse mantida com os mesmos ingredientes e características. Uma das suas características é que mesmo requentado mantém o seu sabor. O prato consiste em uma carne cozida, servida com arroz e farinha de mandioca. O segredo na preparação é o tempo de cozimento na panela de barro - cerca de vinte horas - o suficiente para desfiar toda a carne. Depois de cozida, as fibras da carne se soltam resultando em um caldo grosso e saboroso. Para manter o sabor da carne, é preciso vedar a panela com uma massa de farinha e água, um barro preparado para manter o vapor dentro da panela. Tradicionalmente o prato é acompanhado de frutas: bananas (com banana o gosto se completa) e laranjas. A cachaça de banana pode ser servida como aperitivo.

Papai mandou fazer um fogão à lenha lá na nossa casa de Avaré, comprou panela de barro e, voilá, lá fomos nós relembrar o gosto da terrinha e preparar o delicioso barreado:


Lily é cultura, história and culinária, tão pensando o quê? rs...

Segue a receita do barreado (ingredientes p/ 15 pessoas):



5 quilos de carne magra sem osso (paleta ou maminha de alcatra);
500 gramas de toucinho ou bacon fatiado;
1 quilo de tomates maduros, rijos, sem pele, sem sementes e picados;
1 quilo de cebolas de tamanho médio , sem cascas, cortadas em quatro pedaços;
3 folhas de salsão ou aipo picadas;
3 pés de alho-porro picados;
1 colher de sopa de cominho em pó;
1 colher de sopa de orégano em pó;
3 maços de cheiro verde picados;
3 colheres de sopa de extrato de tomate;
5 folhas de louro;
5 colheres de sopa sal;
1 colher de sopa de pimenta-do-reino, mais ou menos;
1 cabeça de alho descascada e moída;
1 noz-moscada ralada;
4 colheres de sopa de vinagre de vinho;
3 folhas verdes e pequenas de bananeira para sobrepor ao conteúdo da panela;
2 quilos de farinha de mandioca fina para o lacre e para a mesa;
3 quilos de banana-caturra maduras e frescas;
1 vidro de pimenta malagueta para a mesa.

O preparo vocês podem ver aqui.


Acompanha arroz, farinha e bananas.

Gente, sério, é bom demais e super fácil de fazer (tirando o tempo de cozimento, claro).

Ô saudade danada da terrinha!

Esse post é dedicado especialmente à minha Tia Aurora, dona do melhor barreado do mundo todo! E às primas Sami e Érika, que podem desfrutar dessa maravilha sempre que querem (e, de quebra, moram em Curitiba, ô invejinha boa!).

Beijo, tiiiiiiiiiiia!

22 comentários:

Ane Caroline disse... - Responder comentário

Pra quem quer experimentar o barreado com todo seu contexto tem que vir almoçar em Morretes, aqui no litoral do Paraná. Barreado, farinha e banana hehe

Rejane Alves disse... - Responder comentário

Ai que delicia, adoro barreado..como sempre que posso.
Que legal ver um pouco do meu estado por aqui, na qual ter orgulho..rs
Beijinhos

Alessandra disse... - Responder comentário

Ai, eu amo barreado! E comi justamente em Morretes, que é um lugar delicioso. E consegui preparar e fazer o teste de virar o prato e ele não cair!! rsrs
Bjs.

Jowzinha disse... - Responder comentário

Já tinha ouvido falar do prato, mas nunca comi. A cultura culinária do Brasil é maravilhosa!!! Cada cantinho tem uma coisa maravilhosa. O pessoal do Sul e o pessoal aqui do meu nordeste é o que mais me agrada!!!

Passa lá no blog pra ver as novidades.

=**, Jowzinha
http://brigadeirodecafe.blogspot.com
@jaao_87

Letras Saltitando disse... - Responder comentário

Bah.... essa comida deve ser uma maravilha! Até me deu fome aqui!!!! Adorei.

Cecilia disse... - Responder comentário

Lily, querida! Barreado é delicioso!
Aqui em Curitiba tem alguns restaurantes que servem. O bom na verdade é comer em Morretes, pois junta a comida deliciosa e a paisagem linda da cidade. Hum deu água na boca. Beijos

Cláudia Paulino disse... - Responder comentário

Hum... que gostosura !!!
Nunca comi, mas parece ser ótimo !!!
Adooorei o fogão e a foto da comidinha cozinhando !!!
Abriu meu apetite, lindinha !!!
Beijooocas

Paula disse... - Responder comentário

Ai Lily, barreado é tudo de bom mesmo. Com o friozinho(ão) que tá fazendo aqui em Curitiba um ótimo programa é ir comer barreado em Morretes, que além do prato delicioso tem uma paisagem linda. Huuummmm...
Beijo.

Greice Kölln Vipych disse... - Responder comentário

Acredita que sou paranaense, moro no interior e nunca comi o tal do barreado?? haahha

beijinhos

Liana Barros Daiha disse... - Responder comentário

hahaha, amei!!! Vou mostrar esse post a Nelson, que ama uma boa carne!
Beijos, amiga!

donnanina disse... - Responder comentário

Bah guria, que saudades q me deu do meu Rio Grande do Sul, lembrei das comidas de lá...e claro, fiquei com vontade de comer...culpa do seu post!rs
Beijos e lindas fotos!

Ronise disse... - Responder comentário

é muito bom, mas é melhor quando vc come em morretes e assiste a tradicional apresentação onde eles colocam o barreado e a farinha no prato e viram na cabeça de um cliente (e não cai), haha.

disse... - Responder comentário

Deve ser uma delicia ^^ avaré eh pertinho daqui onde eu moro ^^

maite disse... - Responder comentário

Nossa Lily esse post me emocionou com as fotos e a dedicação à Tia Aurora muito lindo!

Lily é o seguinte, a Mari tá melhorando e eu tenho que acertar um montão de dinheiro que estou devendo para ela em virtude da sessão desapego e, por outro lado, no encontro da GI eu estava certa que VOCÊ SUA MADAME iria e NÃO FOI, resumo: tenho uma lembrança para te dar e como sou pior que criança vou contar porque não aguento: são dois brincos lindos, um deles feito à mão com flores!.

Então agita a Mari eu e você e bora tomar um café com conhaque???

Beijos. Com amor.

Maite.

Nai disse... - Responder comentário

Eu nunca provei esse prato e já me deu água na boca, ainda mais com friozinho.
Beijinhus
Nai

Kelly P disse... - Responder comentário

Que maldade!!! Eu aqui morrendo de frio e de dieta e vc me posta uma coisa dessas??? Tá lindo de se ver... deve ter sido ótimo de comer... Aiiii, peraí que eu vou ali comer uma barra de cereal.. humpf...
Rsss

Falando sério: isso parece muitoooo bom!

Beijos

Anônimo disse... - Responder comentário

Lily... moro do ladinho da cidade do barreado, Morretes, onde têm restaurantes maravilhosos com vista para a cidade que é linda e bucólica.
Parabéns pela coragem de fazer o barreado em casa, deve ter dado uma trabalheira do cacete!
Prefiro gastar meia hora e ir comer na beira do rio Nhundiaquara... bjs paranaenses...

Anônimo disse... - Responder comentário

Sempre que a minha mãe faz barreado agente lembra do seu pai. Lembra que ele fica reclemando que a minha mãe está requentando o barreado todos os dias? Huahuahuahuahua. Seu pai é uma figura. Que coisa chiiique barreado feito desse jeito. Aqui é na panela de pressão e tá ótemo. Gente fina é outra coisa. Li, tá chegando o dia do reencontro. Ai que saudades de vocês. Amo vc, Ogo, Tia Beth e tio Maurício. Beijos, Sami

Anônimo disse... - Responder comentário

Ah, esqueci de dizer. Não tenha inveja de quem mora em Curitiba. Tá um frio do cão nessa terra. Talvez no seu casamento eu já não more em Curitiba. Torce pra tudo dar certo pra eu poder voltar pro meu interiorzão. O Rafa vai embora comigo. Que loucura, não? Beijos, Sami

Tamiris disse... - Responder comentário

"1 kg de cebola"
Meu primeiro pensamento foi: "o Diogo não almoçou", hahaha
Bjo

Ellen Lacerda (Elinha) disse... - Responder comentário

Hummmm
Deu vontade de comer!
adoroas1001utilidadesdesseblog!

LaReK disse... - Responder comentário

Uia, quantas paranaenses aqui nos comentários! Legal!

Lily, eu adoro barreado! Não sei fazer, não, mas sempre que dá vamos para Morretes!!! E quando puder, venha para Curita... além da sua família, aqui tá frio como vc gosta!

Beijos!!

Postar um comentário

Meu jardim está florido.
E o seu?

Posts Relacionados