01 junho 2012

Sobre blogs e afins...

"Fico besta com quem perde a compostura por não gostar de algo ou alguém: tão mais simples desconectar. Não ouça, não leia, não prestigie. Dê atenção ao que tem sintonia com você. E toque sua vida, sem agredir."


Quem puder - e quiser -, leia o post ótimo feito pelo Ale, do Pimenta no teu é refresco, que diz muito (senão tudo) do que eu penso sobre blogs atualmente: Os blogueiros de Salém.

Beijos e bom final de semana procês.

12 comentários:

Gê Simões disse... - Responder comentário

Oiii

Eu li o post e concordo...
Sou do tipo que se não tenho nada bom pra falar não falo.
Se não gosto não volto mais, a vida já é cheia de problemas e tristezas, pra chegar aqui no Blogsfera e ver esse tipo de coisas...

Adorei a dica do post.

Beijos

http://geumanovamulher.blogspot.com
http://fofinhachega.blogspot.com

Lily Zemuner disse... - Responder comentário

Não tem problema falar quando não gosta. Ao contrário do que dizem, nós blogueiras de "moda" aprendemos muito com as críticas, é uma forma diferente de olhar, de analisar as coisas. Eu aprendo muito todos os dias com as críticas que recebo.

Chato é a ofensa. É fingir crítica construtiva com sarcasmo. Chato é não podermos nos expressar sem sermos chamdos de xiliquentos. Chato é sermos todos julgados pelos erros de alguns.

Viviane Moreira disse... - Responder comentário

Eu também li e amei, o cara escreve muito bem!!! Nossa!!!
Eu sou daquelas que se não gosta nem comento e sem dúvida não prestigio certos tipos de blogs.
E devo dizer que entro em poucos e bons e um que entrava todo dia e vai fazer muita falta é o da querida Mel do Deveria estar estudando (ai meu coração dói ainda....)
Bjs
Vi

Lily Zemuner disse... - Responder comentário

Vale lembrar que todo mundo que tem blog é chamado de 'blogueiro' dessa nova forma pejorativa e chata, como se fossemos todos uns loucos enganadores.

Eu não sou blogueira, eu sou arquiteta. Essa é a minha profissão e o meu ganha pão. E eu tenho blog porque gosto, simples assim.

Alessandro disse... - Responder comentário

Antes de tudo quero agradecer o carinho pelo post, viu? Sua linda!

Senti necessidade de escrever o texto porque não aguento mais tanta energia negativa rolando! É chato observar que toda opinião que o blogger expressa vem sempre alguém com uma teoria atrás de que está dizendo isso por conta de algo que vai lhe trazer algum lucro, seja material ou pessoal (ego). Fala-se tanto de democracia de opinião, mas não querem que tenhamos liberdade de exercê-la. Então o que é isso se não for apenas agressão para conosco, não é mesmo?
Outro dia estava lendo que blogueira tal falou em seu twitter que gostava de chocolate "y". Alguma assessor do produto deve ter lido e enviou uma caixa do mesmo para a blogueira, que quando falou que havia ganho o mimo, já teve gente dizendo que ela fez isso de propósito para ganhar jabá! O que é isso? Somos proibidos de tudo agora? Se ela tem a sorte de assessores enviarem coisas para ela,que beleza, não? E quem critica, fica mais parecendo que está com inveja mesmo!
Uma pena que o meio atual esteja assim tão pobre de maturidade e gente boa de verdade tenha desistido de blogar por conta de toda essa bagunça. Mas acho que não é para desistirmos do que gostamos de fazer só por conta disso.

Lily Zemuner disse... - Responder comentário

E quando dizem que a gente só está aqui para receber elogios e fica de mimimi quando recebe críticas? Gente do céu, nem moderar comentários eu modero, como assim só quero receber elogios? Isso cansa.

Anônimo disse... - Responder comentário

aff! Este tipo de texto cansa a minha beleza...zzzz

Alessandro disse... - Responder comentário

engraçado disso Lily é que ofendem e acham que nós é que somos os errados por não gostar do que falaram! nos xingando de coisas terríveis e dizendo que isso vem ser democracia! pode?

Marcela Vasconcellos disse... - Responder comentário

Sei lá, Lily.

Eu acho que o Pimenta tá certo ao dizer uqe na caça a um grupo de bruxas estão matando tudo o que há no caminho e parece com uma. Mas o que me mata é gente que vive de enfiar idéias na cabeça dos outros, vive de dizer "usei e adorei" quando na verdade ganhou com texto pronto e tudo e depois deu pra empregada. Esse tipo de gente passou o dia ontem retuitando e compartilhando no face o post do Pimenta.

Falando a verdade, isso não me abala, se eu compro algo baseado em opiniões alheias é porque eu tenho certeza que são opiniões e não textos enviados por assessorias. Fico triste pelo ponto em que as pessoas chegam por dinheiro fácil e por ver garotas e mulheres permitindo que seus cérebros sejam modificados tão descaradamente.

bjus

Anônimo disse... - Responder comentário

Oi Lily, o texto do Pimenta relatou bem o que penso sobre essa onda de: vamos torturar até a morte as meninas que possuem blog... e mimimi....
Tem duas coisas que tenho pavor (apensar de andar bem afastada da blogolândia) uma é realmente essa coisa de muit propaganda, juntamente com uso de termos que não entendo e uma fascinação por marcas e grifes, como se isso fosse tudo na vida, a outra é essa onda de caírem em cima das pessoas, achando que ofensa é opinião. É só abrir a caixa de comentários e você se depara com um vocabulário de um nível tão chulo... tão chinelo.... E eu me pergunto, porque tudo isso???? Ai você fica imaginando a idade que deve ter essas pessoas e o pior de tudo, são mulheres com uma idade avançada e não menininhas de 12 anos.
O que eu lamento muito é os poucos blogs que eu curto e entro sempre pra dar uma espiadinha estarem acabando.... Tristeza mode on ao ler o post da Mel fechando as portas. Ai penso: o que será de nos leitores que curtem aquela blogosfera legal, aquela lá do começo de tudo, meio underground, sem fins lucrativos, que fala minha língua sem eu ter que ficar jogando certos termos no google, etc, etc, etc.... Os que eu ainda entro pra olhar: O seu, o da Lual, o da Aimée, o da Li do My Little Ice cream, o the clothes of roses e da Mel que infelizmente fechou as portas. Deve ter mais algum que eu me identifico e não lembro agora.
Enfim. Se acontecer destes que citei fecharem, pra mim a blogosfera acabou por aí, ah não ser que apareçam novas meninas com o mesmo pensamento de antes, de fazer conteúdo bacana, sem ter que agredir ninguém, sem ter que humilhar, sem ter que se vender, sem ter que morrer por um pedaço de pano de marca.
Mas sinceramente, o que é bom uma vez, nunca mais voltará a ter igual.
Beijos Lily.

Carla Pinheiro disse... - Responder comentário

Por essas e outras que fechei meu blog.

Anna Kuhl, diga kil disse... - Responder comentário

Engraçado que eu tenho blog, mas como não sou lá muito ativa nas redes sociais, não sinto tanto a pressão quanto ao meu blog, fico na bolha do "blog para amigues chegados".

Mesmo assim, fico nauseada com essa "salemnização" na rede, adorei o texto do Alê.
Tem gente ganhando muito enfiando jabá nas pobres leitoras inocentes (cof cof)? Tem.

Mas que tem gente ganhando alguma coisa defenestrando tudo e todos, simplesmente porque escreve ou se veste diferente daquilo que é considerado "normal" (cof cof), ah isso tem. E ainda se fazendo de mocinho da história.

É o que digo: só o apocalipse zumbi salva essa gente.

Postar um comentário

Meu jardim está florido.
E o seu?

Posts Relacionados