04 outubro 2013

Tô grávida, e agora? O terceiro e último trimestre...


Tô aqui escrevendo agora, do alto de minhas 37 semanas de gravidez, com data do parto já mais ou menos marcada e tal e coisa. Não muito ansiosa, pelo menos não agora. Apesar de estar escrevendo neste momento, só vou postar quando Matteo já estiver entre nós, os motivos conto logo menos. Daí depois faço um outro post contando como foi.

Além da neurose e dos medos, até agora, eu tive uma gravidez tranquila e sem sintomas adversos, certo? Bom, a verdade é que, de repente, tudo mudou. A vida da gente é mesmo uma caixinha de surpresas, das mais malucas.

Lembram que no post passado, sobre o segundo trimestre, contei que tive uma indisposição e fui para o hospital ver o que era. E que saí de lá sem saber? Pois bem, no comecinho do sétimo mês, tive os mesmos sintomas, mas bem mais fortes. Beeeeem mais. Estava em casa, não fui trabalhar devido ao mal estar, fiquei vendo Friends na TV e aos poucos fui notando que não conseguia mais ler a legenda. Coloquei os óculos. Nada. Peguei um livro, fui tentar ler. Nada. Pensei comigo "deve ser fome, sempre tenho esses piripaques quando estou com fome". Desci para comer algo e voltei para a cama. Dez minutos depois, a visão foi ficando mais e mais embaralhada. Sentia uma espécie de confusão mental. Olhei pra um objeto que estava sobre o móvel do quarto e forcei a cabeça pra lembrar o nome dele. Não consegui. Era um pente de cabelo, mas a palavra "pente" desapareceu da minha mente. Levantei, fui pro escritório, olhei pra uma caneta e pensei "eu sei o que é isso, mas não me lembro do nome". Entrei em pânico. Sequência de tentativas e nada, eu não lembrava o nome de nada. Pensei em chamar a empregada, pedir uma água, sei lá. Tinha esquecido o nome dela. Por sorte não esqueci o nome do meu próprio marido, então liguei pra ele e contei o que estava acontecendo. Ele trabalha há mais ou menos 40 minutos de casa. Chegou em 15 minutos. Nessa altura eu já estava chorando e quase que completamente cega. Corremos para o hospital (dessa vez um bom, fui pro Sta. Joana). Pra resumir a história, fiz mil exames, foi levantada suspeita de AVC, fui transferida pro hospital 9 de Julho, lá um neuro me avaliou e disse que achava se tratar de uma crise grave de hipoglicemia. Solicitou vários exames que eu fiz imediatamente e pimba, ele estava certo. O por quê da hipoglicemia? Diabete gestacional

Ai ai, que porra de notícia avassaladora. Passei dois dias e duas noites chorando sem parar. Lendo sobre tudo nos sites especializados e, como o ser humano adora uma desgraça, não encontrava nada que pudesse me acalmar, só tragédias. Foi MUITO difícil. Muito mesmo. Mas minha GO me indicou uma nutricionista especializada em gestantes e lá fui eu, adentrar num universo paralelo onde açúcar é o maior vilão, mas carboidrato também não pode, e tudo no mundo tem carboidrato, né? Eu estava tão triste e tão chateada que só queria resolver as coisas, então a dieta foi a coisa mais simples de todas. Se me dissessem que eu só poderia comer banana e beber água nos próximos três meses, ok, eu o faria sem reclamar.

Comecei a dieta e 15 dias depois refiz o exame (chama-se curva glicêmica). Ainda estava alterada, mas beeeeem menos que antes. Nesses dias emagreci 2 kg, o que fez minha GO dar pulos de alegria e ter a certeza que que estava tudo controlado e bem. Marcou meu retorno para dalí um mês e fim  de papo, tava tudo tranquilo.

Só que não.

Lembram que eu falei que me descobri uma neurótica de carteirinha depois que engravidei? Pois bem. Uns dias depois, apesar de manter a dieta firmemente e estar me sentindo ótima, fiquei com caraminhólas na cabeça pensando "ok, e se não estiver tudo bem? eu só vou descobrir daqui um mês?". Como ter certeza? Pedi pra médica deixar uma solicitação de USG na recepção da clínica e outra para uma nova curva glicêmica. Ela não gostou muito, precisei insistir três vezes, até que "ok, tá lá, pode ir buscar". Fui, marquei os exames e... tava TUDO errado!!!!

Em 15 dias Matteo tinha engordado 1,2 kg, quando o normal seriam no máximo 450g. Pior: meu líquido amniótico estava super alto. SUPER alto. O limite máximo é 18cm, o meu estava em 28. Novo nomezinho assustador para a lista: Polidrâmnio. Quadro bastante sério, mais uma vez entrei em pânico e liguei para minha médica assim que saí da sala de exame. Ela me diz "quando é seu retorno? daqui 15 dias? ah, ok, a gente se fala lá então". Oi, como assim, sua FDP?? Eu acabo de te falar que tá tudo errado e você quer esperar mais 15 dias? Isso porque, não fosse minha insistência, eu nem estaria sabendo de nada.

Surtei, fui pra casa aos prantos e André conseguiu, quase como um milagre, um encaixe com a GO da esposa do chefe dele, para o dia seguinte. Maaaais uma noite chorando. Pra completar, fui tentar argumentar com minha médica e ela, extremamente grossa, apenas disse "sinta-se a vontade para procurar outro profissional". Simples assim. Muito mais fácil abandonar o barco na hora que tá dando merda, bem no final, eu que me ferre sozinha.

A nova GO foi categórica: internação urgente. Fui para o Sta. Joana e por lá fiquei durante 3 dias. Fazendo exames de hora em hora, controlando glicemia, alimentação, tomando remédios, tudo. Descobrimos que, mesmo com a dieta, minha diabete estava alta, isso porque minhas células eram resistentes à insulina, não importava o que eu fizesse, sozinha não daria conta. Três dias depois já estava controlada, o líquido amniótico baixou para 19 (alto ainda, porém aceitável) e pude ir para casa.

Em casa fiz controle glicêmico com aparelho específico, sete vezes por dia. Comecei a ser acompanhada por um endocrinologista especializado em diabete gestacional, que me solicitou vários outros exames (Gente, endocrino, tá? Nada de nutricionista. Só o endocrino entende o funcionamento do nosso corpo direitinho). Neste exames, infelizmente, mais notícias ruins: estou com anemia e hipotireoidismo.

Meu corpo está me trollando com requintes de crueldade! =(

E é isso. Estou em casa, de repouso, tomando 8 tipos de remédios diferentes, fazendo exames toda hora para ter controle do que está acontecendo. Por conta de toda essa confusão, minha gravidez não poderá passar de 38 semanas, então logo menos o parto será agendado.

Tenho fé que tudo vai dar certo, que Deus estará do nosso lado, que apesar dos sustos e dificuldades, Matteo vai nascer saudável e perfeito. Tenho feito tudo o que está ao meu alcance. Absolutamente tudo. Agora só me resta rezar e esperar.

A boa notícia é que, se vocês estão lendo isso, é porque deu tudo certo! Então vamos comemorar!!!! \o/

P.S.: Esse post serve como desabafo, claro, mas mais que isso, como alerta. Assim como eu, no momento do desespero, fui buscar informações na rede, e me frustrei encontrando apenas relatos ruins, sei que muitas mamães cairão aqui em busca de alento. Em breve farei posts mais específicos, contando sobre como funciona a dieta para diabete gestacional, dando dicas importantes que eu tive que aprender sozinha. Vou indicar inclusive os médicos que me ajudaram nessa fase louca. Nem tudo são flores, mas a gente não pode perder a fé jamais. No fim tudo se ajeita. 

24 comentários:

anne a. disse... - Responder comentário

awn, parabens! <3

Gabi disse... - Responder comentário

Estamos na torcida!!!! Tudo vai se acertar :)

Fabiana Queiroz disse... - Responder comentário

Olá querida..apesar de não ter blog,estou sempre por aqui à te visitar,amo muito esse lugar!!
Acompanho tudo que se passa por aqui..e estava querendo muito ter notícias.
Diante de tudo que vc escreveu,o melhor que tenho a te dizer é que estou pedindo a Deus que estenda a Sua mão poderosa sobre tua vida e te dê a paz,a confiança e a alegria que vc precisa! E que o nascimento do pequeno Matteo,seja o momento de bonança,depois de toda essa tempestade!
Deus abençõe essa nova família!!

Bianca Ladyhawke disse... - Responder comentário

Guria, estou muito, mas muito feliz por saber que "se estou lendo isso, é porque deu tudo certo". Espero que teu neném esteja saudável e trazendo muitas alegrias pra vocês dois! Um beijo grande!

DricaPeixoto disse... - Responder comentário

Eu já estava aflita ao ler seu relato, mas abri um largo sorriso ao ler que estava tudo certo. Comemorem muito! Que seu Matteo tenha chegado recheado de saúde e que tê-lo em seus braços faça passar qualquer momento ruim que vivenciou durante a gestação.

Foi graças a sua intuição (que vc chama de neurose) que você conseguiu superar esses problemas.
Como sugestão, mande um buquê de cravos negros para sua antiga GO!

Beijo grande
Drica Peixoto
http://correndonaviagem.blogspot.com

Anônimo disse... - Responder comentário

Oi! Eu também não tenho blog! mas sempre que posso passo aqui! acho o seu humor demais! e também gosto do seu estilo ^^
Fiquei muito feliz de saber que apesar de tudo, as coisas se ajeitaram. Tudo passa, as situações vem para nos revelar, revelar que tipo de pessoas somos, não podemos parar, prosseguimos com ajuda de Deus. um bj apertado e abraço de urso

Cris disse... - Responder comentário

Parabéns, Lily! Que Deus abençoe!

Menina, que susto! E que GO infeliz, viu...graças à Deus que deu tudo certo!

Realmente na internet tem mais relatos ruins...agora estou no grupo das tentantes e olha...como tem bizarrice e tragédia! Obrigada por compartilhar mais esse pedacinho da sua vida...

Bjs
Cris

Cinara disse... - Responder comentário

Oi Lily...fico muito feliz em saber que está tudo bem com você e seu bebê...as dificuldades só farão aumentar o amor pelo teu filhinho...que Deus os abençoe...abraços

Tatiana Kehdi disse... - Responder comentário

Que bom que vcs estão bem que bom que vc vai ajudar muitas mulheres!!!

Anônimo disse... - Responder comentário

Vai dar tudo certo....bjs

ValLindinha disse... - Responder comentário

Que bom que Matteo esta lindo, forte e perfeito e o susto passou! Diabetes é uma merda!

Cris Marques disse... - Responder comentário

Que bom que deu tudo certo. O Matteo é lindo e agora é hora de curtir esse florido jardim. ♥

Nane Ulsan disse... - Responder comentário

Acompanho você, como tantas outras há algum tempo.
Sempre torcendo, sempre me deliciando com os looks, as dicas e acompanhando sua vida.
Sinto-me como lendo um diário, é tão íntimo, tão encantador.
Segui o casamento, a gravidez, o assalto/sequestro, sempre preocupada com você.
Nunca fomos amigas, nunca nos vimos mas você sempre compartilhou um pedacinho da sua intimidade com essa desconhecida da internet.
Teve aquele episódio de fechamento do blog, foi uma tristeza, mas você voltou.
Sinto-me honrada, as meninices foram tão divertidas e todos os acontecimentos, quando veio o Matteo então...
Só li seu último texto ontem, deu um aperto no coração uma vontade de correr pra te cuidar, mesmo sabendo que estaria muito bem amparada pela família.
Fiquei impotente até ler a última frase, onde você dizia que estava tudo bem.
Fique bem Lily, a vida é cheia de flores, e você é preciosa!

Beijos e abraços muito calorosos

da sua amiga virtual anônima... rs

Kelly Lira disse... - Responder comentário

Llily....Deus é bom demais!! O Matteo é lindo, que Deus cuide sempre de vcs!! Acompanho seu blog hÁ uns 5 anos....a gente óbvio nem se conhece, mas é como se te conhecesse...fiquei curiosa....com qual GO vc teve o Matteo?????


Bjbj

Érika Kika disse... - Responder comentário

Oi LiLy,

Que relato aflitivo, mas graças a Deus tudo terminou bem! Saúde para a mamãe e o bebê. Um abraço para toda família. Bjsss

Paula disse... - Responder comentário

Nossa...que tipo de médica é essa??!!! Eu, minha irmã e minha cunhada tivemos diabetes gestacional. Como temos a mesma médica, deu tudo super certo! Como sempre faziamos exames, descobrimos desde o início.
Que bom que deu tudo certo!!! Felicidades para vocês!!!

Anônimo disse... - Responder comentário

Lily, minha irmã teve polidrâmnio na gravidez. A GO dela não deu a mínima atenção e ela acabou mudando de médico também no finalzinho. Fez dieta, repouso e acompanhamento. No final, graças à Deus, deu tudo certo!!! Minha sobrinha nasceu perfeita e saudável!!! Mas também teve que agendar o parto e não pode passar de 38 semanas... Enfim, o importante é que nossos pimpolhos estejam bem! Deus abençoe sempre o Matteo! Parabéns!!!

Vanessa Bolzan

Isabel Irino RC disse... - Responder comentário

Seja bem vindo Matteo!!
Parabéns Lily! Felicidades mil pra vocês! Só quem é mãe sabe o quanto é emocionante a chegada de um filho. Sigo você no Instagram e vi as fotos do seu menino. Lindo!
Que sufoco que você passou! Fiquei tensa ao ler seu post. Não nos conhecemos, mas acompanhando seus posts sobre sua gestação, passou um filme pela minha cabeça. E resolvi comentá-los, compartilhando minha experiência com vc. Cada gravidez é uma, claro, mas nossa vida muda de um jeito que nada mais é normal. Assim como vc só encontrei minha GO no sétimo mês de gestação após ter passado com outras 5 antes dela. E agora estou aqui comentando seus posts com alguém me olhando de rabo de olho ali do berço! Agora é assim, faço minhas coisas entre uma mamada e outra e aos poucos a vida vai se tornando normal de novo, só que muito mais alegre e feliz! Parabéns pelo Matteo! Grande beijo,

Isabel Irino

Lohayne Lopes disse... - Responder comentário

Lilly graças a Deus que você está bem né? E se Deus quiser seu bebê vai nascer lindo e saudável!! To amando seus posts sobre gravidez, descobri a minha tem um poucos mais de 2 semanas e estou com muitas dúvidas, marquei GO só pra semana que vem, espero que dê tudo certo na minha gestação.
Abraços, tudo de bom

Mirian Soares disse... - Responder comentário

Só agora que vi esse post e eu nem imaginei que vc passou por tudo isso, querida. Mas, graças a Deus deu tudo certo e Matteo nasceu lindo, lindo e saudável e vc está bem,
Bjos

thamy disse... - Responder comentário

Que barra, Lily. Por sorte, estamos lendo o texto! :)
E tudo deu certo, Matteo nasceu saudável e perfeito.
Depois do susto, agora é só curtir o filhote...
Aproveite!!! Beijo!

Luciana ♥ disse... - Responder comentário

Caraca Lily,que dureza...meu Deus como vc sofreu...mas e agora como vc ,está era mesmo por causa da gestação...eu desenvolvi hipotireoidismo depois que minha filha nasceu...remédio pro resto da vida!Bj...Matteo é lindo e aquela boquinha!!!!

Tânia Oliveira disse... - Responder comentário

Nossa, sempre venho por aqui e te acompanho faz um tempo, vim ver se esse bb fofão tava bem e leio isso! Espero que dê tudo certo, ainda bem que vc insistiu nos seus sentidos, ser mãe é mesmo especial, Deus é contigo e com certeza vai dá td certo, mesmo que o final não tenha sido exatamente como o planejado. Boa sorte e bom parto flor!

Lígia disse... - Responder comentário

Querida fique em paz pois a minha filha nasceu de 33 semanas pesando 1,990 ficou internada por uma semana e esta muito bem melhor que varias crianças que nascem de 40 semanas.

Postar um comentário

Meu jardim está florido.
E o seu?

Posts Relacionados